FIQUE SÓCIO!

Notícias
COMPARTILHAR

Campanha Salarial: Metalúrgicos conquistam aumento real

Por Auris Sousa | 01 nov 2023

A mobilização da categoria já garantiu aumento real para os companheiros e companheiras que trabalham nos setores ligados ao Grupo 3 (Autopeças, Forjaria e Parafusos), Grupo 2 (Máquinas e Equipamentos e Aparelhos Elétricos Eletrônicos), Sinafer (Artefato de Ferros) e Simefre (Equipamentos Ferroviários). A proposta criada na construção da luta da categoria foi aprovada nesta quarta-feira, 01, em assembleia, pelos metalúrgicos e metalúrgicas de Osasco e região.

Vale ressaltar que o acordo ainda precisa ser assinado. 

Metalúrgicos e metalúrgicas de Osasco e região aprovam proposta de acordo coletivo

Com a aprovação, cerca de 70% da categoria da região já está com acordo garantido, que prevê:

reajuste salarial: 5,5%;

aumento real: mais de um 1% (Percentual exato será confirmado com o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) do período, a ser divulgado pelo IBGE na segunda semana de novembro.  

abono salarial: de 13,5%: sendo 7% até 30/11 e 6,5% até 20/12

direitos: renovação das conquistas da Convenção Coletiva de Trabalho.

piso salarial: correção de 5,5%

OBS: As empresas que concederem o reajuste em novembro, estarão isentas do pagamento do abono salarial. 

Presidente do Sindicato, Gilberto Almazan (Ratinho), conduziu a assembleia na sede

“Diante do cenário, conquistamos um grande avanço, se compararmos os acordos já fechados no segundo semestre”, disse presidente do Sindicato, Gilberto Almazan (Ratinho).

Campanha Continua

A assembleia também aprovou estes acordos como parâmetro de negociação com os demais grupos patronais. Naqueles que não houverem acordo, a diretoria vai buscar acordo direto com as empresas. Além disso, a categoria também aprovou contribuição assistencial de 6%, a ser paga em três vezes.

Secretário-geral do Sindicato, João Batista, destaca importância da mobilização

Os companheiros e companheiras que trabalham nos demais grupos patronais devem ficar atentos ao chamado do Sindicato. Participar das assembleias nas portas das fábricas para garantirmos o acordo coletivo. “Não demos a campanha por encerrada. A mobilização vai continuar até que toda categoria esteja com o acordo garantido”, destaca o secretário-geral do Sindicato, João Batista.

Categoria atendeu o chamado do Sindicato e lotou a sede

Leia também:

Assembleia na Federação avalia campanha salarial 2023

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #11