FIQUE SÓCIO!

Gilberto Almazan
COMPARTILHAR

Igualdade Salarial já!

Por Gilberto Almazan - Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região 19 mar 2024

É com profunda preocupação e indignação que repudio a posição adotada pelos patrões, por meio da CNI (Confederação Nacional da Indústria) e da CNC (Confederação Nacional de Bens, Serviços e Turismo), em relação à importante lei da igualdade salarial. É inadmissível e inaceitável que representantes de empresas estejam se opondo a uma legislação que busca garantir que homens e mulheres recebam salários justos e equiparados pelo mesmo trabalho desempenhado.

A desigualdade salarial de gênero é uma realidade que persiste em nossa sociedade e que precisa ser combatida de forma urgente. A Lei da Igualdade Salarial é um instrumento fundamental para promover a equidade no ambiente de trabalho e para garantir que todas as pessoas sejam remuneradas de forma justa, independente do gênero.

Vamos continuar batalhando para que esta lei seja respeitada e aplicada pelas empresas o quanto antes. Para isso, vamos reforçar a mobilização nas fábricas, a unidade será fundamental para avançarmos nesta e tantas outras pautas importantes para os trabalhadores. Para isso, reforço o convite para que as companheiras participem da 5ª Estação Mulher, que acontece neste sábado, 23, no Metaclube, das 9h às 15h, será mais uma grande oportunidade para unirmos forças.

Reitero meu repúdio a tentativa dos patrões de invalidar a Lei da Igualdade Salarial e reafirmo o compromisso do Sindicato em fortalecer a luta pela igualdade de gênero e combater todas as formas de discriminação no mercado de trabalho. Juntos, podemos construir um futuro mais justo e igualitário para todos. Igualdade Salarial já!

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #06