FIQUE SÓCIO!

Opinião
COMPARTILHAR

Clemente Ganz Lúcio

Por Auris Sousa | 09 maio 2013

TAGS

Opinião

Alta dos salários e inflação.

Uma notícia para comemorar: 86% dos reajustes conquistados neste ano obtiveram ganhos reais, segundo uma pesquisa do DIEESE realizada a partir de 93 acordos salariais fechados de janeiro a abril. O resultado é um pouco inferior ao observado em todo o ano de 2012, quando 95% das categorias tiveram aumentos reais. Mas é ainda um grande resultado, neste cenário atual, de inflação, e está, muito provavelmente, associado ao nível inflacionário, que dificulta os ganhos salariais como os observados no passado.

A expectativa para que o governo consiga, com as medidas tomadas, reduzir a inflação em 2013 é grande. Também espera-se que esta redução possa, além de melhorar a performance  do poder aquisitivo dos salários, permitir que os trabalhadores, por meio dos sindicatos, consigam manter uma política de negociação que resulte em ganhos salariais, repartindo o crescimento econômico.

É bom dizer que os resultados obtidos pelos sindicatos mostram fortalecimento do mercado interno, o que significa sustentação da atividade econômica por meio de uma sociedade com capacidade de consumo, e, portanto, de ativação econômica sustentada no emprego e no salário. Mas vale lembrar que, no longo prazo, o que sustenta o crescimento é o investimento e o aumento da capacidade produtiva, e isso ainda é um desafio para o Brasil.

CLEMENTE GANZ LÚCIO
Sociólogo, diretor técnico do Dieese
(Departamento Intersindical de Estatísticas
e Estudos Socioeconomicos)

 

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #01 - 2023