FIQUE SÓCIO!

Notícias
COMPARTILHAR

Pesquisa: Acidentes Graves e Fatais nas Metalúrgicas de Osasco e região.

Por Auris Sousa | 21 jul 2014

TAGS

A investigação dos acidentes de trabalho é um dos principais gargalos que explicam o alto índice de acidentes graves em metalúrgicas da região de Osasco. Em média, o auditor fiscal leva 80 dias para chegar até a empresa onde o trabalhador sofreu o acidente, após ser acionado pelo Sindicato. O estudo também mostra que 62% das vítimas têm entre 19 e 35 de idade, ou seja, estão no ápice de sua vida laboral. Essas são algumas  das constatações da pesquisa sobre Acidentes Graves e Fatais nas Metalúrgicas de Osasco e região. [Atualizado em 13/08/2014 às 16:16]

Clique aqui e conheça a pesquisa na integra.

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #06