FIQUE SÓCIO!

Notícias
COMPARTILHAR

Osasco vai ter Comissão da Verdade

Por Cristiane Alves | 29 jul 2014

O prefeito de Osasco, Jorge Lapas, se comprometeu com a criação de uma Comissão Municipal da Verdade. A posição foi firmada em reunião com a membro da CNV (Comissão Nacional da Verdade), Rosa Maria Cardoso, na quinta-feira, 24, no gabinete do prefeito, antes do debate no Sindicato.

Lapas se prontificou com o encaminhamento da proposta para criar a Comissão na Cidade. “Osasco tem muito a acrescentar a investigação. Nossa cidade tem muita história que precisa ser esclarecida”, afirmou o prefeito.

[wppa type=”slide” album=”176″][/wppa]

A CNV tem mandado de seis meses, mas, para Rosa Maria os movimentos podem dar continuidade ao trabalho. “Poderemos acompanhar o trabalho nos seis meses restantes. Vai se suceder a questão da [continuidade da busca da] verdade, a questão da Justiça” analisou.

Osasco ainda estuda a criação de um memorial em homenagem aos militantes perseguidos e de um museu do trabalhador. 

Lei antiterror – A recente discussão de projetos que tramitam no Senado que podem tipificar o terrorismo no Brasil e incluí-lo no como crime no Código Penal brasileiro preocupa Rosa Maria Cardoso, membro da CNV. “Não queremos uma lei antiterror porque ai a tortura vai se ampliar no país”, avalia.

Rosa ainda lembrou das torturas que hoje acontece nas penitenciárias brasileiras. “São modelo de criminalidade, praticada pelo Estado e pelos presos. Todos os crimes de lesa humanidade estão sendo cometidos hoje no nosso sistema penitenciário”.

 

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #08