FIQUE SÓCIO!

Gilberto Almazan
COMPARTILHAR

Luta pela vida e direitos é diária

Por Gilberto Almazan - Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região 28 set 2022

A luta da classe trabalhadora em defesa da vida e de seus direitos é diária. Na semana passada, perdemos dez companheiros e companheiras. Todos no mesmo, vítimas de acidente de trabalho. Um morreu quando fazia manutenção numa máquina na Cinpal. Nove foram vítimas de um desabamento na Multiteiner que deixou outros 28 feridos.

Após pressão e intensa cobrança do Sindicato, na segunda, 26, quase uma semana depois do acidente, o Ministério do Trabalho esteve na Cinpal. Mas o da Multiteiner continua sem vistoria. Os acidentes são frutos das más condições de trabalho, somado a falta da fiscalização, e da falta de compromisso dos governantes com a saúde física e mental dos trabalhadores.

Só com luta e mobilização poderemos reverter este cenário caótico, no qual também passa a nossa Campanha Salarial. Somado a ele um país com grande saldo de trabalho precário, por meio do trabalho informal e de desempregados. Cada ano, torna-se cada vez mais urgente defendermos os direitos previstos nas nossas convenções coletivas. E nos livrarmos das sombras da reforma trabalhista.

O fato é que o Brasil que queremos pode começar a ser desenhado a partir da decisão das urnas neste domingo, 2, dia de eleição. Vai depender do nosso voto. Dificuldades sempre teremos, mas o tamanho dela pode variar conforme os homens que têm tinta na caneta: os governantes. É comum todos estarem com os olhos voltados para os candidatos à Presidência da República. Mas também vamos escolher governador, senador e deputados estadual e federal. É preciso prestar muita atenção. É preciso votar em quem tem compromisso com as nossas lutas.

Vamos juntos lutar por dignidade, por saúde e segurança no local de trabalho, por ampliação dos nossos direitos, por um Brasil melhor. Dia 2, trabalhador vota em trabalhador!

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #11