FIQUE SÓCIO!

Jorge Nazareno
COMPARTILHAR

Contra os ataques a NR12

Por Jorge Nazareno - Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região 29 maio 2014

O Sinait (Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais do Trabalho) divulgou um folder em que relata os ataques que entidades patronais como a CNI (Confederação Nacional da Indústria) têm praticado para tirar a validade da NR12 (Norma Regulamentadora nº 12).

A norma determina adequações em prensas, injetoras e similares, que estão entre as principais causadoras de mutilações em trabalhadores. Desde que entrou em vigor, em 2010, tem sido alvo de ataques patronais, por meio de parlamentares que representam seus interesses. A partir de novembro do ano passado passou a tramitar um Projeto de Decreto Legislativo que pretende sustar a NR 12.

O mesmo folder mostra que dos 5.353 acidentes graves e fatais ocorridos entre 2012 e 2013, 42% envolveram máquinas e equipamentos. Na nossa base territorial, o ano passado terminou com um companheiro perdendo os dedos das duas mãos numa dessas máquinas, só para citar um exemplo.

Há anos temos denunciado essa situação degradante, que soma à falta de infraestrutura da Superintendências do Trabalho e ao número ínfimo de auditores fiscais do trabalho, como os companheiros e companheiras acompanham no VT e neste site. Por isso, compartilhamos do repúdio do Sinait ao ataque promovido pelos patrões à NR 12. E somamos forças na denúncia a precarização às normas de saúde e segurança, o que atenta à saúde dos trabalhadores e ao desenvolvimento de nosso país.

Jorge Nazareno
Presidente do Sindicato dos
Metalúrgicos de Osasco e Região
[email protected]

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #10