FIQUE SÓCIO!

Campanha Salarial 2012
COMPARTILHAR

Metalúrgicos de Osasco reforçam mobilização por aumento real

Por Auris Sousa | 24 out 2012

Mais de 5 mil metalúrgicos de Osasco reforçaram nesta quarta-feira, 24, a mobilização em defesa do aumento real na campanha salarial organizada pelo Sindicato. Companheiros de diversas empresas demonstraram disposição de decretarem greve, caso os patrões não apresentem uma proposta satisfatória de aumento para a categoria.

“Pressionar os patrões é a melhor maneira de mostrarmos que não estamos de brincadeira e sabemos de nosso direito”, avaliou um companheiro da Belgo.

A avaliação também é compartilhada por um metalúrgico da Etna Steel. “Nos matamos para dar o pão de cada dia deles [patrões]. Então, não podemos comer mal, temos que exigir um aumento com reposição da inflação”.

O ato, que reuniu trabalhadores de empresas da cidade, como Meritor, Belgo, Mecano Fabril, Metalsa e Etna Steel, teve a presença de toda a diretoria do Sindicato que manteve a categoria informada sobre o andamento das negociações, que até o momento não teve avanços por parte dos grupos patronais.

Os companheiros aprovaram mais uma vez o mutirão de assembleia. “Deixa a gente a par e ter informação é sempre importante para ter argumento na hora de brigar, discutir e decidir. Ai se não tiver proposta, tem que ir para greve por nossos direitos”, avaliou um metalúrgico do Liceu.

Mobilização é a base – Nas assembleias realizadas por Osasco ficou claro que os trabalhadores entendem que a organização e mobilização são os principais ingredientes para um bom resultado. “Os trabalhadores tem que se unir mais, sem ter medo de ameaças, caso contrário os patrões acham que podem fazer o que quiserem”, avaliou um companheiro da Meritor.

Um companheiro da Contep também tem a mesma opinião. “Se [o grupo patronal] não apresentar um bom aumento temos que ir para greve, todo mundo unido”.

[wppa type=”slide” album=”33″][/wppa]

 

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #03