FIQUE SÓCIO!

Notícias
COMPARTILHAR

Julgamento sobre financiamento de campanha está parado há quase um ano

Por Auris Sousa | 25 mar 2015

Em abril vai completar um ano que a Adin (Ação Direta de Inconstitucionalidade) que prevê o fim de doações privadas a campanhas eleitorais está travada pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendes, que pediu vistas do processo. Na semana passada, ele informou que não pretende desengavetá-la.

Campanha #DevolveGilmar foi criada pelo jornalista Paulo Moreira Leite, diretor do 247 em Brasília

Enquanto isso, nas redes sociais a campanha ‘devolve Gilmar’ ganha força nas redes sociais. Um evento criado no Facebook para a “comemoração” do aniversário da paralisação do julgamento já tem 5,6 mil pessoas confirmadas. Há ainda outras páginas com o mesmo propósito.

A #DevolveGilmar foi criada depois da publicação de um texto, em outubro do ano passado, pelo jornalista Paulo Moreira Leite, diretor do 247 em Brasília, pedindo ao ministro que finalmente desse seu voto para que julgamento fosse concluído.

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #08