FIQUE SÓCIO!

Notícias
COMPARTILHAR

Campanha Salarial: Metalúrgicos de Cotia e Jandira intensificam mobilização

Por Auris Sousa | 27 out 2022

Os metalúrgicos que trabalham em fábricas de Cotia, Vargem Grande Paulista, Itapevi e Jandira somam força nesta quinta-feira, 27, numa série de assembleias para pressionar os grupos patronais a atenderem a pauta de reivindicações da categoria. Ao mesmo tempo, a comissão de negociação da Campanha Salarial discute os interesses dos trabalhadores com os grupos patronais.

O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região, Gilberto Almazan (Ratinho), e o secretário-geral, João Batista, fazem parte das negociações. “A expectativa é que uma proposta saia nos próximos dias. Por isso estamos chamando uma assembleia para o dia 4 de novembro, na sede, a partir das 18h30. Nela, os trabalhadores vão decidir os rumos desta Campanha”, destaca Almazan.

Nas fábricas, a movimentação de hoje já reuniu diversos trabalhadores, incluindo os que trabalham na Kitframe, ForjaFix, Elubel, Bitzer e Itafunge. Este é o último dia da segunda fase do mutirão de assembleias, organizado pelo Sindicato. Isto porque a ação já passou pelas outras regiões.

Pauta – Além do aumento salarial, a categoria reivindica reajuste do piso salarial, licença maternidade de 180 dias; negociação de PLR; combate a demissão imotivada; estabilidade para vítimas de acidentes e doença do trabalho, entre outros. Estes itens constam na Convenção Coletiva, que tem mais força que a lei.

Os metalúrgicos de Osasco e região participam da Campanha Salarial Unificada, organizada pela Federação dos Metalúrgicos do Estado de São Paulo, que representa cerca de 700 mil trabalhadores.

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #07