FIQUE SÓCIO!

Notícias
COMPARTILHAR

Vacinação contra paralisia infantil é prorrogada no estado de São Paulo

Por admin | 12 jun 2013

A campanha de vacinação contra a paralisia infantil foi prorrogada até o dia 21 de junho pela Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo. A meta do governo é imunizar 2,4 milhões de crianças, o que corresponde a 95% das crianças com mais de 6 meses e menos de 5 anos de idade.

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, neste ano a faixa etária abrangida foi alterada para crianças acima de 6 meses. A razão é que as crianças menores já estão sendo imunizadas com a dose injetável – introduzida no calendário básico de vacinação no segundo semestre de 2012.

Causada pelo poliovírus selvagem, a poliomielite é caracterizada por febre, mal-estar, cefaleia e pode causar paralisia. Desde 1988, o estado não registra casos de paralisia infantil, porém a vacinação é fundamental, já que o vírus da doença ainda circula na África e Ásia. A vacina não tem efeitos colaterais.

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #01 - 2023