FIQUE SÓCIO!

Notícias
COMPARTILHAR

Senai dispõe de tecnologia à serviço da inclusão

Por Cristiane Alves | 18 set 2012

O Senai de Itu desenvolveu equipamentos para facilitar o desempenho das atividades profissionais por parte das pessoas com deficiência incluídas no mercado de trabalho. A escola dispõe de 15 equipamentos voltados para atender as necessidades de pessoas com deficiências física, auditiva e mental.

Essa foi uma das informações prestadas aos participantes do encontro que reuniu diversos segmentos sociais, na manhã desta terça-feira, 18, no encontro sobre possibilidades de formação para pessoas com deficiências realizado pelo Espaço da Cidadania e seus parceiros, no Senai de Osasco.

A unidade de Itu oferece livros, máquinas e até um avatar voltado para a tradução simultânea. Tudo isso desenvolvido na própria escola, que tem a educação inclusiva e o desenvolvimento de tecnologias assistivas como duas grandes preocupações. “É preciso criar equipamentos para incluir as pessoas com deficiências com qualidade”, defendeu o diretor do Senai-Itu, Helvécio Oliveira.

Além da tecnologia assistiva, o Senai ainda instituiu o Programa Incluir: em cada escola há um interlocutor responsável pelas ações de inclusão. Além disso, todos os cursos, em princípio, estão abertos às pessoas com deficiência, dependendo do cumprimento de pré-requisitos do curso.

O resultado é que em 2011, 5675 pessoas com deficiências se matricularam nas 90 unidades do Senai espalhadas por São Paulo. “Isso mostra como cada vez mais o Senai está aberto e que existe qualificação para as pessoas com deficiência”, afirmou Marta Gil consultora de inclusão da escola.

Além de conhecer a realidade do Senai, os representantes de empresas, sindicatos e de unidades Senai ainda se informaram sobre a instrução normativa Nº 98/2012, do Ministério do Trabalho, que reorienta a fiscalização do cumprimento da Lei de Cotas.

Veja como foi a visita na galeria de fotos: 

[wppa type=”slide” album=”20″][/wppa]

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #03