FIQUE SÓCIO!

Notícias
COMPARTILHAR

Programas sociais ajudam no crescimento do interior do país, diz ministra

Por admin | 27 ago 2012

A expansão dos programas sociais serve também para a reorganização do Estado brasileiro, conforme avaliação da ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, ao participar nesta segunda-feira, 27, da abertura do 4º Seminário Internacional: Políticas Sociais para o Desenvolvimento, que vai até quinta-feira, 30, na Enap (Escola Nacional de Administração Pública).

Segundo a ministra, o Programa Bolsa Família, além de distribuir renda à população pobre, serve também para estimular o comércio nas regiões onde vivem as famílias. “O Brasil conseguiu, consequentemente, crescer mais no interior e nas pequenas e médias cidades, quando antes o desenvolvimento era típico só das regiões metropolitanas. O governo busca com as políticas de assistência social um modelo de desenvolvimento inclusivo.”

Em relação ao Brasil sem Miséria, Tereza Campello disse que o objetivo é “chegar aos núcleos mais duros da pobreza, pois esse contingente da população é tão pobre que tem que ser alcançado para receber a assistência que o Estado lhes deve.”

O seminário reúne técnicos de 11 países, a maioria do Continente Africano, que irão conhecer os programas sociais brasileiros.

Os técnicos estrangeiros vão conhecer o funcionamento do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), desde a produção até a entrega às entidades assistenciais, além de visita programada ao Cras (Centro de Referência de Assistência Social) do Riacho Fundo 1, no Distrito Federal.  Serão apresentados ainda o Sisan (Sistema Nacional de Segurança Alimentar), Suas (Sistema Único de Assistência Social), o Sistema de Monitoramento e Avaliação de Promoção e Proteção Social do Brasil e o Brasil sem Miséria.

Fonte: Agência Brasil

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #01 - 2023