FIQUE SÓCIO!

Notícias
COMPARTILHAR

Ministério do Trabalho investiga acidente na Cinpal; Multiteiner segue sem fiscalização

Por Auris Sousa | 27 set 2022

O Ministério do Trabalho e Previdência começou nesta segunda-feira, 26, a investigação do acidente de trabalho que provocou a morte de um trabalhador e feriu outros três na Cinpal-Matriz, em Taboão da Serra. A fiscalização acontece, após cobrança do Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região, que atua para que o mesmo seja feito na Multiteiner, em Itapecerica da Serra, onde nove pessoas morreram e cerca de 30 ficaram feriadas, após um desabamento.

Uma perita do MPT (Ministério Público do Trabalho) também esteve na vistoria. Os diretores do Sindicato Marcelo Mendes e Marcel Simões acompanharam todo processo. Segundo eles, o auditor fez vários questionamentos à empresa. Entre eles, qual era o procedimento de trabalho adotado, o regime de trabalho dos envolvidos, e as ferramentas e maquinários utilizados. A empresa tem o prazo de oito dias para responder o auditor fiscal sobres as questões que ficaram sem resposta.

O acidente na Cinpal aconteceu em 20 de setembro, quando uma peça atingiu quatro trabalhadores que faziam manutenção numa máquina no setor de forjaria. Ademar Aparecido de Souza, de 63 anos, perdeu a vida. José Célio Barbosa Vargas, de 54 anos, foi hospitalizado, sofreu fraturas, mas já está de alta. Os outros dois trabalhadores tiverem ferimentos leves.

Vale lembrar que, só neste ano, este é o segundo acidente fatal que ocorre na Cinpal.

– Há uma semana do acidente, a Multiteiner segue sem fiscalização por parte do Ministério do Trabalho. Após o desabamento, a prefeitura de Itapecerica interditou o local. Segundo entrevista de Leonel Novais, secretário municipal de Planejamento e Meio Ambiente, à Agência Brasil, o prazo de interdição é indeterminado.

Enquanto a fiscalização não comparece à empresa, o Sindicato mantém a cobrança para que a Multiteiner faça a emissão da CAT (Comunicação de Acidente) de todos os trabalhadores (mortos, feridos e os que estavam presentes no local).

 

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #01 - 2023