FIQUE SÓCIO!

Notícias
COMPARTILHAR

Milhares vão às ruas contra retirada de direitos

Por Cristiane Alves | 16 jun 2016

As medidas do governo de Michel Temer contra os direitos e conquistas dos trabalhadores levaram milhares às ruas de diversas capitais brasileiras, no Dia Nacional de Lutas, sexta-feira, 10. O grito foi um só: “Fora Temer, nenhum direito a menos”.

Em São Paulo, a maior manifestação aconteceu na Avenida Paulista, contando com a presença de 100 mil pessoas, entre elas diretores do nosso Sindicato, que participa da Frente Brasil Popular Oeste Metropolitano.

Lideranças de diversos movimentos sociais e partidos identificados com as lutas dos trabalhadores se revezaram nas falas, incluindo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que fez questão de lembrar as conquistas que estão em jogo diante das atitudes do governo interino de Michel Temer. “A gente foi capaz de provar que durante 12 anos era possível dar aumento real ao salário mínimo, sem causar inflação”, reforçou. De 2002 a 2016, o salário mínimo acumulou aumento real de 77,18%.

Agora, Temer quer eliminar todas os reajustes que sejam vinculados ao crescimento da economia, como acontece com o salário mínimo, a pretexto de enxugar gastos. Além disso, pretende limitar o crescimento dos gastos do Orçamento ao índice da inflação, uma medida que deve ser encaminhada ao Congresso nos próximos dias.

A nossa resposta é a luta, nas ruas, nas fábricas, em todos os espaços onde seja possível discutir e organizar a resistência dos trabalhadores contra o retrocesso que significa todas essas medidas.

[wppa type=”slide” album=”304″]Any comment[/wppa]

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #07