FIQUE SÓCIO!

Sindicato na Imprensa
COMPARTILHAR

Metalúrgicos na luta: nenhum direito a menos!

Por Auris Sousa | 29 set 2016

Sindicatos organizam dia de mobilizações

 

Hoje (quinta-feira, 29/09), em todo o Brasil, trabalhadores metalúrgicos vão realizar mobilizações contra a retirada de direitos articulada pelo governo do Traíra. O Dia Nacional de Mobilização e Paralisação dos Metalúrgicos é organizado pela CUT, CTB, CSP-Conlutas e demais centrais sindicais.

11:50 – Os metalúrgicos de Betim-MG travaram a BR-381 nesta manhã. A mobilização começou às 5h30.

Reprodução: CSP-Conlutas

11:45 – Nas fábricas da Zona Leste de São Paulo, metalúrgicos paralisam atividades e saem em passeata.

Créditos: CSP-Conlutas

11:40 – Em Osasco, na Grande São Paulo, trabalhadores metalúrgicos e moradores de ocupações realizam ato unificado pelo centro da cidade.

Reprodução: CSP-Conlutas

11:21 – Na EBC: Metalúrgicos protestam em SP contra reformas propostas pelo governo.

11:18 – Em Pindamonhangaba, interior de São Paulo, campanha salarial também é pauta dos protestos da categoria.

Reprodução: CNM/CUT

11:15 – Em São José dos Campos, trabalhadores bloquearam a Via Dutra durante a manhã. As unidades da General Motors e da Embraer permaneceram paralisadas.


Reprodução: Meon

Reprodução: Metalurgicos.org.br

11:12 – No Rio Grande do Sul, metalúrgicos paralisam atividades em ao menos 13 municípios. Na Grande Porto Alegre, trabalhadores bloquearam um trecho da BR-290 no início da manhã.

11:10 – Metroviários e metalúrgicos realizam manifestações nesta quinta-feira na Região Metropolitana de Porto Alegre. Os metalúrgicos protestam contra a possibilidade de mudanças provocadas pelas reformas trabalhista e previdenciária, em um ato contra o governo de Michel Temer. Já os metroviários liberaram as catracas das duas estações como forma de protestar contra a privatização da Trensurb, o sistema de trens metropolitanos.

Reprodução: RBSTV

11:05 – Em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, trabalhadores das principais montadoras – Renault, Volkswagen, Volvo, Audi, Bosch – protestaram contra as reformas trabalhista e da previdência.

11:00 – Em São Paulo, metalúrgicos ocupam uma faixa da Marginal Pinheiros.

10:50 – Em Curitiba, trabalhadores da Renault em protesto. Na capital paranaense, os protestos acontecem nas principais indústrias desde as 6h da manhã, com participação efetiva de mais de 30 mil trabalhadores da capital e região metropolitana


Reprodução: Metalurgicos.org.br

10:45 – Em Catalão, interior de Goiás, trabalhadores ocupam a BR-050.


Reprodução: Metalurgicos.org.br

10:40 – Em São Paulo, o Sindicato dos Metalúrgicos da Capital iniciou as mobilizações pela manhã, na zona leste da cidade.

Reprodução: Metalurgicos.org.br

10:35 – CSP-Conlutas: Contra as reformas do governo Temer, metalúrgicos e outras categorias vão parar nesta quinta-feira. Segundo a organização, Mais de 20 entidades representativas dessa categoria, entre sindicatos e federações vão organizar suas bases para essa paralisação.

10:30 – No portal da CTB: Metalúrgicos fazem paralisação nacional em defesa do emprego e dos direitos. Os atos deverão acontecer ao longo dia em 15 estados do país.

10:25 – No site da CNM/CUT: Metalúrgicos preparam protesto nacional por direitos e emprego.

10:20O presidente da Confederação Nacional dos Metalúrgicos (CNM/CUT), Paulo Cayres, declara: “É preciso que as mobilizações cresçam cada vez mais para barrar os projetos do governo que derrubou a presidenta Dilma para implantar no país a agenda dos empresários. “Se foram capazes de fazer aquilo com a presidenta Dilma Rousseff, imagine com os trabalhadores. Por isso, não vamos dar trégua e vamos lutar por nossos direitos!” [Fonte: Conversa Afiada]

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #03