FIQUE SÓCIO!

Notícias
COMPARTILHAR

Metalúrgicos de Cotia dão força à campanha ”16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres”

Por Auris Sousa | 29 nov 2012

Com o objetivo de dar força à campanha “16 dias de ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres”, os metalúrgicos e as metalúrgicas da região de Cotia se uniram e realizaram atos em frente às fábricas. As ações aconteceram na quarta, 28, em frente à empresa Tup Tech e na quinta-feira, 29, na Crismetal.

Informação sobre o direito das mulheres, como também a importância de denunciar as agressões sofridas por uma boa parte delas, foram passadas durante as assembleias. Além disso, os trabalhadores ficaram por um minuto em silêncio em memória das vítimas da violência.

Na Tup Tech, a assembleia foi comandada pelo diretor Alex da Força, e os assessores de diretoria Michel Silva e José Roberto. Durante, o ato algumas companheiras protestaram por meio de cartazes. Um deles trazia a seguinte frase: “Uma vida sem violência é um direito das mulheres!”. Já na Crismetal, a assembleia contou com a participação da diretora Eliana Ferreira, que se uniu aos trabalhadores pelo enfrentamento da violência contra as mulheres.

Importância da Campanha – As ações pelos “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres” é uma resposta aos números preocupantes da violência sofrida por mulheres no Brasil, que ainda ocupa a 7ª posição no Ranking dos países com maior número de homicídios de mulheres. São 4.465, por ano, segundo o mapa da violência, 43.7 mil somente na última década.

Para marcar os 16 dias, o governo lançou a segunda fase da “Campanha Compromisso e Atitude”, com a adesão de empresas e organizações da sociedade civil. Ela tem o objetivo de mudar a cultura e o comportamento da sociedade por um mundo com menos violência.

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #01 - 2023