FIQUE SÓCIO!

Notícias
COMPARTILHAR

Metalúrgicos da Sergal conquistam 40 horas semanais

Por Auris Sousa | 11 set 2012

Enquanto a PEC 231/95 (Proposta de Emenda Constitucional) que reduz a jornada de trabalho de 44 para 40 horas semanais segue parada no Congresso Nacional, metalúrgicos da Sergal, de Barueri, conquistam a redução da jornada sem cortes nos salários. Isso prova que a mobilização e reivindicação dos trabalhadores são essenciais para as garantias e ampliações de direitos.

Com isso, os companheiros da Sergal terão mais tempo para se dedicar a família, aos estudos e ao lazer.

“As empresas que pensam em seus trabalhadores e têm como meta trabalho decente concordam em reduzir a jornada de trabalho e contribuem para diminuição de acidentes. Além disso, colaboram para que os trabalhadores tenham mais tempo de convívio com a família e para se dedicar à qualificação profissional”, avaliou o diretor do Sindicato Sertório Carvalho.

Com a redução da jornada mais empregos ainda poderão ser criados. Segundo o Dieese (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos), se a PEC 231-95 fosse aprovada, 2 milhões de novos postos de trabalho seriam gerados no país.

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #01 - 2023