FIQUE SÓCIO!

Notícias
COMPARTILHAR

Metalúrgicos da região estão mobilizados por direitos e em apoio a greve dos servidores

Por Auris Sousa | 18 ago 2021

Desde as primeiras horas desta quarta-feira, 18, a diretoria do Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região tem marcado presença nas fábricas para intensificar a mobilização da categoria por direitos e em apoio a greve dos servidores contra a reforma Administrativa e as privatizações. Hoje, os servidores de instituições públicas municipais, estaduais e federais paralisaram as atividades contra a reforma que está em discussão em comissão especial da Câmara.

Fortalecer a mobilização contra a PEC (Proposta de Emenda Constitucional) 32 é essencial porque, se aprovada, a reforma Administrativa destruirá os serviços públicos, afetando todos os brasileiros. “Nas fábricas, em assembleias, durante a entrega do jornal, temos explicado para os trabalhadores o que significa esta reforma Administrativa e reforçado a importância da unidade contra os ataques aos direitos da classe trabalhadora”, explica o secretário-geral do Sindicato, João Batista.

Secretário-geral do Sindicato, João Batista, na Nuctech

Ataque aos serviços públicos 

Segundo representantes dos servidores e outros críticos da PEC, a proposta do Executivo tem por objetivo diminuir o Estado brasileiro. Sob o argumento de gastar menos para a economia crescer, o governo Bolsonaro afirma querer “enxugar” a máquina pública. Mas a PEC só mexe com os servidores de salários mais baixos, os que estão na linha de frente do atendimento à população. Serão atingidos, por exemplo, trabalhadores de serviços como Dataprev, Caixa Federal e SUS.

A luta contra a PEC 32 é pauta principal desta quarta em todo o país, mas a mobilização é também contra o desemprego, pelo auxílio emergencial de R$ 600, por vacinação já para todos e todas, contra as privatizações e o empobrecimento da população. Para os metalúrgicos do Estado de São Paulo, também é dia de aquecer a organização da categoria na Campanha Salarial, que teve início em 10 de agosto com uma plenária realizada pela Federação dos Metalúrgicos do Estado de São Paulo.

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #03