FIQUE SÓCIO!

Notícias
COMPARTILHAR

Metalúrgica realiza sonho e publica livro da filha

Por Auris Sousa | 21 out 2014

Com 18 anos, Michelle Freire deu um grande passo e concretizou o sonho de ver sua obra literária “Antes que seja tarde”, produzida por suas mãos, publicada. A companheira Edileusa Maria dos Santos, trabalhadora da Ficosa, é mãe da jovem escritora e sua maior incentivadora.

A mãe relata que ficou surpresa quando leu o conteúdo das histórias de Michelle, pois achou a narrativa atraente. “Estava mexendo no computador quando vi várias histórias, mas nenhuma tinha final. Falei para ela: ‘Michelle se você terminar uma, farei de tudo para publicar’”, relembra Edileusa. E assim a garota fez e não parou mais.

[wppa type=”slide” album=”202″][/wppa]

Aspirante também a arquiteta, a jovem começou a escrever aos 14 anos. “As histórias vão surgindo muito rápido na minha cabeça, e vou escrevendo todas ao mesmo tempo”, confessa ela, que já escreveu mais quatro livros. Foi na internet que Michelle descobriu um lugar para compartilhar seus livros, afinal, tanta ideia não podia ficar guardada só para ela.

Ela conta que escreveu suas obras no site FanFictions e começou a receber ótimos comentários, que os a motiva ainda mais. “Às vezes fico preocupada, porque penso diferente das outras pessoas. Será que elas vão entender o que eu estou querendo passar? No fim acaba que entendem mais do que eu esperava”, revela.

Em capítulos que apresentam momentos extremamente importantes e únicos e que levam o leitor a um mundo de romance e amizades, Michelle consegue prender a atenção de seus leitores. A jovem Tatiane dos Santos, de 17 anos, foi presenteada com o livro “Antes que seja tarde” e não conseguiu larga-lo antes de chegar ao final. “Quando olhei, achei interessante, comecei a ler, querer saber mais das histórias e chegar logo ao final”, relata.

Michelle conta que a obra “é narrada por um menino [o Daniel], de classe média, que está no último ano do colégio. Ele vai para uma viagem de formatura e conhece a Malú – Maria Luiza. Ela é riquinha, patricinha, mas não é chata, não é metida. Ela tem uma carência de pais, que trabalham muito. Os dois começam a ser amigos, a namorar, mas passam por dificuldades por causa das diferenças”.

Para a companheira Edileusa, que é fã incondicional de Michelle, a filha é só orgulho. “Realmente, a Michelle é um presente de Deus na minha vida. Vejo na televisão os trabalhos que os jovens dão, Michelle nunca me preocupou com nada, nem com namorado. Não deixa ele interferir na vida dela, nos planos dela, temos uma vida bem fácil juntas”.

Interessados em comprar o livro podem entrar em contato pelo e-mail [email protected].

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #03