FIQUE SÓCIO!

Opinião
COMPARTILHAR

Consciência Negra por mais democracia.

Por admin | 20 nov 2012

Nesta terça-feira, 20, comemoramos o Dia da Consciência Negra. Data que deve ser celebrada por todos. Ela destaca a importância das inúmeras lutas, a liderança de Zumbi dos Palmares, reivindicações e conquistas da população negra e afrodescendente.

Lutas e conquistas que desencadearam em liberdade, democracia e respeito às diferenças – como o fim da escravidão. Mas ainda há muito porque lutar.

Embora os negros sejam a maioria da população do país, eles ainda recebem os menores salários. Em São Paulo, por exemplo, os trabalhadores negros ganhavam em média 61,7% do salário dos não negros, em 2011, de acordo com o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos). A situação é ainda mais desigual para as mulheres negras, cujo valor da hora trabalhada não representava 50% do recebido pelos homens não negros.

Por isso, hoje temos ações afirmativas que objetivam a efetiva participação do negro na sociedade, como o sistema de cotas e o Plano Nacional de Prevenção à Violência contra a Juventude Negra.

O dia 20, então, é dia de reflexão sobre as consequências do racismo e da luta pelo combate ao preconceito racial: celebrar o Dia Nacional da Consciência Negra, não é apenas comemorar um feriado, é antes de tudo celebrar a democracia.

Jorge Nazareno
Presidente do Sindicato dos
Metalúrgicos de Osasco e Região
[email protected]

 

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #01 - 2023