FIQUE SÓCIO!

Notícias
COMPARTILHAR

Dilma anuncia com Alckmin centro de treinamento paralímpico na capital paulista

Por admin | 25 jan 2013

Foi anunciado nesta sexta-feira, 25, a criação de um centro de treinamento paralímpico na cidade de São Paulo. O complexo, com 94 mil metros quadrados, terá capacidade para até 240 atletas treinando simultaneamente. O centro, que será instalado no Parque do Ipiranga, zona sul da capital, receberá recursos de R$ 329 milhões do governo de São Paulo e R$ 110 milhões do governo federal.

O lançamento foi feito há pouco no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, pela presidenta Dilma Rousseff e pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, que assinaram termo de cooperação para instalação do projeto. O prefeito da capital, Fernando Haddad, acompanhou Dilma na solenidade. A cidade comemora hoje, 25, 459 anos de fundação.

A presidenta Dilma Rousseff destacou que o centro faz parte dos investimentos para as Olimpíadas de 2016 no Rio de Janeiro. “É um projeto para projetar a imagem do Brasil como um país que quer se tornar uma das potências paralímpicas”. Para Dilma, o sucesso dos atletas paralímpicos serve de inspiração para todos os brasileiros. “Os atletas paralímpicos mostram, ao subir no pódio, que com muito esforço é possível chegar lá”.

Essas vitórias ajudam ainda, segundo a presidenta, a consolidar a imagem do país internacionalmente. “Um país como o nosso só terá a sua dimensão projetada e reconhecida, não só por valores econômicos, mas por valor moral, com as pessoas podendo e realizando plenamente suas potencialidades”.

A licitação para o centro deve ser lançada em maio e a inauguração está prevista para 2015. O complexo terá quadras de vôlei e basquete, campo de futebol, tatame de judô e complexo aquático com piscinas olímpicas e semi-olímpicas, além de academia para condicionamento físico dos atletas. Também está prevista área de alojamento para até 284 pessoas, em quartos individuais e coletivos.

Dilma segue agora para inauguração de conjunto habitacional do Programa Minha Casa, Minha Vida em Itaquera, zona leste da capital, região onde está sendo construído o estádio do Corinthians, que sediará a solenidade de abertura e os jogos da Copa do Mundo na cidade. Ela também entrega 84 ambulâncias do Samu. Depois da visita a São Paulo, a presidenta viaja para o Chile.

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #01 - 2023