FIQUE SÓCIO!

Opinião
COMPARTILHAR

Claudio Magrão

Por Auris Sousa | 02 maio 2013

TAGS

Opinião

70 anos de luta em defesa do Metalúrgico.

O dia 1º de maio é duplamente significativo para a categoria metalúrgica, pois comemoramos o Dia do Trabalhador e, também, os 70 anos de existência e luta da Federação dos Metalúrgicos do Estado de São Paulo.

A Federação congrega 54 Sindicatos da categoria no Estado de São Paulo, que representam cerca de 800 mil trabalhadoras e trabalhadores do setor. É uma das maiores entidades sindicais da América Latina.

Em pouco mais de 100 anos de lutas sindicais no Brasil, as histórias da Federação, e dos metalúrgicos, estão inseridas na sociedade brasileira.

Luta alicerçada para garantir, assegurar e ampliar os direitos trabalhistas, mas que, com o tempo, ampliou-se para questões mais amplas como acesso digno à saúde, educação gratuita e de qualidade, moradia, segurança, e demais itens que constituem a vida de cada brasileiro. Uma luta por melhores condições de trabalho e de vida.

Muito já foi conquistado ao longo da história, porém ainda há muito a ser feito, pois a luta entre o Capital e o Trabalho é permanente.

Parte forte dessa luta, a Federação segue sua história, traçando novas metas, alcançando novos objetivos. Mas é uma luta que não se faz sozinha, na verdade, todos os Sindicatos filiados constituem um instrumento de luta pelos direitos e cidadania plena aos cidadãos brasileiros.

Claudio Magrão, é presidente da Federação
dos Metalúrgicos do Estado de São Paulo

 

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #01 - 2023