FIQUE SÓCIO!

Notícias
COMPARTILHAR

Atuação do movimento sindical é analisada em oficina das centrais sindicais

Por Auris Sousa | 20 jun 2012

A atuação do movimento sindical em conselhos e fóruns sobre a situação da criança e do adolescente foram apresentadas e discutidas  na primeira “Oficina de Capacitação de Dirigentes Sindicais e Assessores para a Erradicação do Trabalho Infantil”. O evento, que uniu as centrais sindicais, aconteceu na terça-feira, 19, na sede da Força Sindical, em São Paulo.

O responsável por abordar o assunto foi o conselheiro da Força Sindical no Conanda (Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente), Antonio Dantas, que também é presidente do CMDCA de Osasco (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente). “O movimento sindical precisa participar de forma incisiva dos conselhos setoriais para avançarmos nos direitos das crianças e adolescentes”, enfatizou.

Dantas explica que o desafio é fazer uma grande mudança no marco regulamentário que permita a participação do movimento sindical nos conselhos. “Tem que haver uma ação conjunta para exigir a alteração na legislação para que os trabalhadores possam atuar nos conselhos municipais, para que o movimento sindical seja legítimo em todas as esferas da sociedade”, defende Dantas.

Em relação aos fóruns, Dantas informou que a participação dos  sindicalistas é otimista. “A atuação do movimento sindical nos fóruns está fortalecida e tem um bom aspecto”. Para ele oficinas, como a realizada pelas centrais, são momentos de aprendizado para fortalecer a luta pelo fim do trabalho infantil. “Para desenvolvermos um trabalho eficaz no combate ao trabalho infantil é necessário um comprometimento de todos os setores da sociedade”, afirmou Dantas.

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #01 - 2023