FIQUE SÓCIO!

Notícias
COMPARTILHAR

Ato no Vale do Anhangabaú marca dia de luta

Por Auris Sousa | 03 maio 2023

TAGS

O ato do 1º de Maio, realizado no Vale do Anhangabaú, foi marcado por bandeiras em defesa do emprego, da renda, dos direitos e da democracia. A diretoria do Sindicato esteve presente para dar ainda mais força para a voz da classe trabalhadora. “Reafirmamos o nosso compromisso com as nossas bandeiras de luta”, destacou o presidente do Sindicato, Gilberto Almazan.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), esteve em São Paulo, no ato unificado das centrais sindicais, e reafirmou seus compromissos de campanha eleitoral ao dizer que o país vai voltar a crescer e gerar empregos com investimentos em obras, saúde e educação.

O ato também contou com atrações artísticas com apresentações de Zé Geraldo, Leci Brandão, Toninho Geraes, Almirizinho, MC Sofia, Edi Rock e Dexter.

Seu Direito – Um dia antes das celebrações pelo Dia do Trabalhador e da Trabalhadora, Lula anunciou em pronunciamento dois grandes avanços para a classe trabalhadora. Uma delas, é a volta da política de valorização do salário mínimo, com aumentos acima da inflação. A partir, então, do 1º de maio, o mínimo passou a valer R$ 1.320.

A outra medida diz respeito ao IR (Imposto de Renda). A partir de agora, a nova faixa de isenção do IR passa dos atuais R$ 1.903,98 para R$ 2.640. “Até o final do meu mandato, a isenção valerá para até R$ 5 mil por mês”, acrescentou Lula, voltando a se comprometer com a elevação gradual da faixa de isenção.

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #08