FIQUE SÓCIO!

Notícias
COMPARTILHAR

Acordos de PLR somam R$ 62 mi

Por Cristiane Alves | 13 dez 2013

Os metalúrgicos da região de Osasco foram para cima das empresas e ampliaram o volume de acordos de PLR fechados em 2014 e, com isso, vão colocar no bolso e na economia da região e do país R$ 62 milhões entre o final deste ano e o início do próximo ano (período de pagamento dos acordos). Este é o saldo das negociações travadas ao longo do ano, graças ao empenho da categoria, organizada pelo Sindicato.

O valor vai diretamente para o bolso de 30 mil metalúrgicos e representa um crescimento de 24% frente ao alcançado em 2012. Os valores podem chegar até a R$ 7 mil, como na PLR dos trabalhadores da CTrens/Caf.

Uma das razões para o resultado é o rigor da diretoria do Sindicato para que sejam fechados os acordos, junto a postura da própria categoria que a cada ano tem cobrado mais este direito – garantido pela lei 10.101/91.

Tanto é que acordos como o da CTrens/ Caf só foram fechados após ficarem em estado de greve e quatro rodadas de negociação. “Isso mostra que mesmo sendo lei e sendo um mecanismo que proporciona um ciclo virtuoso à economia, é a organização dos trabalhadores que determina o pagamento da PLR”, analisa o presidente do Sindicato, Jorge Nazareno.

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #06