FIQUE SÓCIO!

Notícias
COMPARTILHAR

9 mil metalúrgicos de Osasco, Vargem e Santana reforçam luta por aumento real

Por Auris Sousa | 23 set 2014

A mobilização por aumento real alcançou 9 mil metalúrgicos de Vargem Grande Paulista, Santana de Parnaíba e da zona norte de Osasco, por meio do mutirão de assembleias que aconteceu nesta terça-feira, 23. Hoje é o segundo dia da ação que já atingiu a marca de 16 mil trabalhadores.

Para discutir a Campanha Salarial, e pressionar os patrões a avançar nas negociações os companheiros de diversas metalúrgicas destes municípios atrasaram a produção. Entre eles, estão os trabalhadores da Blank Inox, Jedal, Arim, Delphi, Weg Flex, Univel, Croni,  Spirax Sarco, Terex, Vastec, Viel e Novex.

[wppa type=”slide” album=”191″][/wppa]

Ao reforçar a mobilização, os trabalhadores pretendem arrancar aumento real (acima da inflação), a valorização do piso salarial, estabilidade ao delegado sindical, 40 horas semanais, fim do fator previdenciário, entre outras cláusulas sociais e econômicas. “Temos que ficar unidos, o aumento real é um direito nosso. Tivemos reajuste no convênio médico de 9%, nada mais justo que também tenhamos um aumento digno”, avaliou um companheiro da Arim.

Mais articulação – No próximo sábado, 27, os trabalhadores destes municípios também se organizarão na sede do Sindicato e nas subsedes de Barueri e Cotia, num seminário para reforçar a mobilização. Para os companheiros de Santana de Parnaíba, o seminário será realizado na subsede de Barueri. Os de Vargem Grande vão se reunir na subsede de Cotia. Já os de Osasco estão com encontro marcado na sede.

Para participar dos seminários, os interessados devem se inscrever pelos telefones (11) 4706-1443 (Santana de Parnaíba), (11) 4703-6117 (Vargem Grande) e (11) 3651-7200 (Osasco).

Os trabalhadores de Alphaville, Barueri e Cotia já participaram destes processos. Na próxima semana a unidade também será reforçada com assembleias e mutirões nas fábricas de Itapevi e Taboão da Serra.

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #08