FIQUE SÓCIO!

Notícias
COMPARTILHAR

Especialista defende CIPA atuante

Por Auris Sousa | 14 jul 2022
Durante o primeiro encontro do Ciclo, que aconteceu na subsede de Taboão da Serra na quinta-feira, 7, Paulo Kauffaman, médico do trabalho, afirmou ser fundamental a retomada do protagonismo das CIPAs (Comissões Internas de Prevenção de Acidentes). O encontro reuniu trabalhadores de diversas empresas, entre eles, os que trabalham na Narayama, Cinpal, Spaal, Master Fiber, TupTech, ADI e Bimetal.

Kauffam resgatou o histórico da CIPA, contou que ela nasceu da luta dos trabalhadores. Destacou que, por meio dela, a classe trabalhadora teve vários avanços, muitos dos quais se perderam, hoje.

“CIPA não tem razão de ser, se não for protagonista e pegar nas suas mãos a sua responsabilidade, que esta Lei, como fazer o Mapa de Risco, fazer reivindicação, fazer a mobilização, o conflito, se for necessário e com o Sindicato, e conquistar mais saúde e segurança”, destacou.

 

É este protagonismo que o Sindicato também defende. Para isso, anualmente, realiza o Ciclo de Debates e cria publicações que podem contribuir com o conhecimento e luta por um local de trabalho seguro. A última publicação é o livro “Rosca sem Fim: Basta de morte, acidentes e doenças do Trabalho”, que reúne acidentes graves e fatais que aconteceram nos últimos 40 anos. Muitos mutilaram e outros até mesmo tiraram a vida dos trabalhadores, que tinham, em média, 33 anos.

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #08