FIQUE SÓCIO!

Notícias
COMPARTILHAR

Sindicalistas debatem redes sindicais

Por admin | 02 jul 2013

As relações do trabalho constantemente alteram suas formas. O capital não tem pátria, e as empresas montam filiais seguindo a lógica do maior lucro.

Acompanhando as novas dinâmicas do capital, a Federação dos Metalúrgicos do Estado de São Paulo realizou um debate, com representantes de Sindicatos filiados, com objetivo de esclarecer e fomentar a criação de redes sindicais nas suas bases. Para isso, os dirigentes sindicais contaram com palestras da vice-presidenta da CNTM, Mônica Veloso, e o diretor do Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco Everaldo dos Santos, que falaram sobre “Atuação em Redes Sindicais”.

As redes sindicais representam um forte instrumento na luta para superar as diferenças entre os benefícios recebidos pelos trabalhadores de uma mesma indústria que, porém, estabelece diferentes políticas industriais no Brasil e no exterior.

Para Claudio Magrão, presidente da Federação dos Metalúrgicos do Estado de São Paulo, “o movimento sindical precisa estar atento e acompanhar as mudanças que o Capital introduz na localização, organização e gestão da produção. Atualmente as empresas são interligadas no mundo todo, e as lutas por melhores condições de trabalho também devem ser universais”, destacou. (Por Ricardo Flaitt, Alemão)

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #01