FIQUE SÓCIO!

Opinião
COMPARTILHAR

Paulinho da Força

Por Auris Sousa | 05 ago 2013

TAGS

Opinião

Força Sindical intensifica mobilização.

No 7º Congresso Nacional, a Força Sindical decidiu intensificar a mobilização junto com outras centrais sindicais, para a realização de atos em frente as federações e confederações patronais contra o projeto PL 4330, que amplia a terceirização e, no dia 30 de agosto, caso o governo federal não atenda as reivindicações contidas na pauta trabalhista apresentadas pelo movimento sindical. Será um dia de paralisações em todos os Estados.

Durante três dias, os delegados de todo o País debateram as teses propostas pela direção da Central e a organização da mobilização nacional no dia 30 de agosto. Os trabalhadores reivindicam o fim do fator previdenciário; jornada de 40 horas semanais; reajuste digno para os aposentados; mais investimentos em saúde, educação e segurança; transporte público de qualidade; fim do projeto de lei 4330, reforma agrária e fim dos leilões do petróleo.

Estas reivindicações foram entregues a presidente Dilma, quando ela era candidata à presidência da República. A presidente foi eleita com o apoio das centrais sindicais, mas passados todos estes anos não negociou e nem dá sinais de que irá atender os pleitos com os trabalhadores.

Nossa pauta visa construir uma sociedade mais justa, com Trabalho Decente, melhores salários e condições de vida.

Paulo Pereira da Silva, o Paulinho,
presidente da Força Sindical

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #02