FIQUE SÓCIO!

Jorge Nazareno
COMPARTILHAR

A luta é contra o retrocesso

Por Jorge Nazareno - Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região 22 set 2016

opiniao-barra-jorgeCompanheiros e companheiras, neste sábado, 17, temos a nossa assembleia de Campanha Salarial. É fundamental a participação de todos. Estamos atravessando um momento de graves ameaças aos trabalhadores, que, se concretizadas, vão representar um retrocesso de décadas.

Isso fica claro com as declarações do ministro do Trabalho de Temer de que pretende mexer nas regras da legislação trabalhista para piorar o que temos hoje, com, por exemplo, a jornada de até 12 horas, novos contratos que precarizam as relações de trabalho e terceirizações das atividades fins.
Eles defendem essas medidas dizendo que vão gerar empregos. Mas, na verdade, vai acabar com as garantias que temos hoje.

E o passo seguinte é atacar as Convenções Coletivas, as únicas garantias que irão sobrar aos trabalhadores, se essa reforma trabalhista passar pelo Congresso. Por isso, precisamos fazer uma Campanha Salarial bastante forte, para fazer ecoar nas mesas de negociação o nosso “não” a retirada de direitos, tanto da Convenção, quanto da legislação trabalhista. Até porque são os mesmos empresários encastelados na Fiesp que, somados à CNI, buscam derrubar nossos direitos. Contra tudo isso, também damos um passo fundamental, na articulação de uma paralisação nacional metalúrgica para o dia 29.

Portanto, companheiros e companheiras, o momento requer unidade e luta. Participem da assembleia e fortaleçam as mobilizações da Campanha Salarial 2016.

Jorge Nazareno
Presidente do Sindicato dos
Metalúrgicos de Osasco e Região
[email protected]

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #11