FIQUE SÓCIO!

Notícias
COMPARTILHAR

Metalúrgicos da Rayton estão em greve por pagamento

Por Auris Sousa | 21 nov 2017

Sem salário, os companheiros da Rayton, em Jandira, estão de braços cruzados e só pretendem retornar as atividades quando a empresa apresentar uma data para quitar os pagamentos. A unidade da empresa é exemplo e escancara ainda mais que a política adotada pelo governo Temer, como a nova lei trabalhista, de nada colabora com o futuro econômico do país.

Os representantes da Rayton alegam que a situação econômica do país afetou a produção da empresa, que, neste momento, encontra-se sem condições de quitar suas dívidas. Mas as contas dos companheiros não param de chegar, e ainda tem aumento no supermercado e na gasolina.

“Esta é mais uma dificuldade que enfrentamos devido a política errado do governo Temer, que não tem defendido os salários e empregos de milhares de brasileiros”, ressaltou o diretor Antonio de Sousa, que completa. “Os trabalhadores sabem de todas as dificuldades, mas também conhecem os seus direitos, por isso estão mobilizados para defende-los”.

Na Rayton, a luta é para receber os salários atrasados

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #03