FIQUE SÓCIO!

Campanha Salarial 2012
COMPARTILHAR

Metalúrgicos da Facobras dão exemplo de mobilização

Por Auris Sousa | 23 out 2012

Mesmo de baixo de chuva, os metalúrgicos da Facobras, de Barueri, foram nesta terça-feira, 23, para frente da fábrica para mostrar que estão mobilizados e dispostos a fortalecerem a luta para garantir um aumento real. A ação faz parte da série de mutirões organizada pelo Sindicato para organizar ainda mais os trabalhadores na Campanha Salarial, que já está em sua reta final.

Na assembleia, o vice-presidente do Sindicato, Carlos Aparício Clemente, passou informações aos metalúrgicos sobre o andamento das negociações e alertou os companheiros da importância da categoria também exigir a renovação na Convenção Coletiva, além do aumento real.

Clemente disse que o Sindicato conta com o empenho de todos os companheiros para que o desfecho da campanha seja positivo para categoria. “A palavra de ordem é: greve. Se o grupo patronal não apresentar proposta, entraremos em greve”, enfatizou Clemente.

A decisão foi acatada pelos metalúrgicos. “Se a empresa não ceder, a gente tem que se unir com o Sindicato e reivindicar os nossos direitos”, avaliou uma companheira.

Outro trabalhador disse que na Fabobras só tem aumento na época do dissídio – 1º de novembro –, logo o aumento tem que ser satisfatório. “Se temos aumento só uma vez por ano, então teremos que exigir mais. Nos organizar sem medo e exigir um bom aumento”, ressaltou.

A diretora do Sindicato Eliana Ferreira parabenizou os companheiros pela organização. Ela também enfatizou que todo benefício, como PLR, uniforme, vale-alimentação, que os trabalhadores da empresa desfrutam hoje foi conquistado graças a luta de todos. “Temos que reforçar agora o que outros se esforçaram lá atrás para conquistar, porque nada foi de mão-beijada. Tudo veio graças à mobilização”, explicou.

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #03