FIQUE SÓCIO!

Notícias
COMPARTILHAR

Atenção para o aumento casos de febre maculosa

Por Bianca Silva | 16 jun 2023

Nesta semana, a febre maculosa provocou a morte de quatro pessoas, que estiveram em uma fazenda em Campinas. A doença é causada por uma bactéria transmitida pela picada de carrapato infectado.

Segundo o Ministério da Saúde, o início do ano, o Brasil registrou 53 casos da doença, sendo 30 deles na região Sudeste, principalmente nas regiões de Campinas, Assis, Piracicaba e Sorocaba. A pasta orienta que ao visitar regiões silvestres, de mata, fazendas, trilhas ecológicas ou de vegetação alta, a pessoa deve utilizar roupas clara, para ajudar a identificar o carrapato, pois ele tem cor escura. Também é importante usar calças e blusas de manga comprida, utilizar bota e de possível prender a barra da calça à meia com fita adesiva.

Sintomas – Os sintomas da doença estão relacionados à febre, dor no corpo, dor de cabeça e inchaço e vermelhidão nas palmas das mãos e sola dos pés, sintomas parecidos com da dengue e leptospirose. Por isso é extremamente importante que ao chegar a uma unidade de saúde, a pessoa informe que esteve em região de risco ou incidência de carrapatos.

A procura pelo atendimento médico deve ocorrer rapidamente, pois apesar de levar de 4 a 10 horas para que o carrapato infectado transmita a bactéria, os primeiros sintomas costumam aparecer entre 2 a 14 dias após a picada.

Fonte: Agência Brasil e Ministério da Saúde

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #03