FIQUE SÓCIO!

Sindicato na Imprensa
COMPARTILHAR

Osasco e Carapicuíba participam de Conferência Nacional para Mulheres

Por Diario Regiao | 12 maio 2016

Não permitir retrocessos. É com este lema que seis delegadas do município de Osasco desembarcaram, na terça-feira, em Brasília, para representar a cidade na 4ª Conferência Nacional de Políticas para as Mulheres (4ª CNPM). Esse ano, o evento tem como tema “Mais direitos, participação e poder para as mulheres” e segue até 12 de maio no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. A meta é assegurar a consolidação das políticas já colocadas em prática dentro de quatro principais eixos: rede de serviços públicos de atendimento às mulheres em todo país, participação feminina na política e sistema nacional de políticas para as mulheres. A conferência reúne representantes dos 26 Estados e do Distrito Federal , que também vão debater avanços relacionados aos direitos das mulheres e fazer um diagnóstico das conquistas obtidas nos últimos anos. Como resultado, serão feitas recomendações para o Plano Nacional de Políticas para as Mulheres (PNPM). O processo das conferências teve início com a realização do encontro municipal realizado em agosto de 2015 e com a conferência regional, no mês de setembro. Com as etapas preparatórias, mais de 300 pessoas se mobilizaram em torno do debate. “Estamos confiantes da força e da luta das mulheres, nos mais diversos movimentos e organizações, para que o município continue avançando na igualdade de gênero e consolidação de direitos”, disse Sonia Rainho, Coordenadora da Mulher, Igualdade Racial e Diversidade Sexual de Osasco.

Ela ressalta, ainda, a importância do trabalho desenvolvido pela Coordenadoria ao longo desses 11 anos para garantir os direitos das mulheres. “Nossas ações são fundamentais para impulsionar, de forma definitiva, a construção de uma cidade mais justa, desenvolvida, participativa e de igualdade entre homens e mulheres”, afirma. Integram a delegação de Osasco Mercedes Lopes Batista, presidente do Conselho Municipal de Direitos da Mulher e diretora do Sintrasp, Gleides Sodré, do Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco; Ika, da Unegro; Maria de Lourdes, do Sindsaúde; Maria Eugênia, da Organização Eremim; Maria Regina, das Mulheres do PC do B, e Thainara, do Coletivo Dandariando. Além de Osasco, outra cidade da região que marca presença na conferência é Carapicuíba, com a advogada Shilma Machado da Silva, que também foi eleita para representar o Estado de São Paulo. “É uma honra poder representar o nosso Estado na conferência. Nosso trabalho também envolve a luta pelos direitos das mulheres”, disse Shilma. A abertura do evento, na terça-feira, contou com a presença da presidente Dilma Rousseff. [Fonte: Diário da Região] 

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #07