FIQUE SÓCIO!

Notícias
COMPARTILHAR

Metalúrgicos da Arim querem jornada de 40 horas semanais

Por Auris Sousa | 19 jul 2013

Companheiros da Arim, de Santana de Parnaíba, estão desde quarta-feira, 17, em estado de greve pela redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais, sem redução de salários.

Segundo o diretor do Sindicato Sertório Aparecido, os companheiros estão organizados e decididos a intensificar a reivindicação até que a empresa reduza a carga semanal de trabalho. “Vamos batalhar para baixar a jornada. Os companheiros reivindicam as 40 horas desde abril, como as negociações não avançaram, decidiram intensificar a reivindicação”, explicou.

Os companheiros aguardam uma resposta da empresa, que até o momento não se manifestou.

Benefícios – A redução da jornada de trabalho para 40 horas possibilita ao trabalhador mais tempo para dedicação à saúde, lazer, educação, família e convívio social.

Companheiros da Arim, de Santana de Parnaíba, entram em estado de greve por 40 horas

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #03