FIQUE SÓCIO!

Notícias
COMPARTILHAR

Dilma defende papel da indústria no desenvolvimento do país

Por admin | 14 nov 2012

A presidenta Dilma Rousseff defendeu agora há pouco, em São Paulo, que a indústria tenha um papel relevante no desenvolvimento econômico do país por meio da geração de tecnologia. “Se quisermos ter um país cada vez mais avançado, precisamos que a nossa indústria aproveite a ciência para gerar tecnologia”, disse a dirigente, ao discursar nesta quarta-feira, 14, em cerimônia da 7ª Olimpíada do Conhecimento.

Dilma também enfatizou a formação profissional de jovens e trabalhadores pelo Sistema S – formado de 11 organizações instituídas pelo setor produtivo, como Sesc, Sesi, Senai e Senac. Ela lembrou parceria com o Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) e o Senac (Serviço Nacional do Comércio) no âmbito do Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego).

De acordo com a presidenta, quando o governo assinou o Pronatec, tinha a expectativa de criar 8 milhões de vagas no ensino técnico até 2014. Em pouco mais de um ano, segundo informou, já foram abertas 2,2 milhões de vagas. Dilma também garantiu que o governo está tomando medidas para ampliar o acesso gratuito de jovens e trabalhadores ao ensino profissionalizante.

A 7ª Olimpíada do Conhecimento, organizada pelo Senai, começou segunda-feira, 12, e prossegue até domingo, 18, no Pavilhão de Exposições do Parque Anhembi, na zona norte de São Paulo. Este ano, serão selecionados 42 estudante, entre 640 concorrentes, para representar o Brasil no WorldSkills, o maior torneio internacional de educação profissional, que ocorre em junho de 2013, em Leipzig, na Alemanha.

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #01 - 2023