FIQUE SÓCIO!

Notícias
COMPARTILHAR

Centrais anunciam 11 de julho como dia de luta

Por Auris Sousa | 26 jun 2013

O próximo 11 de julho será um dia histórico para o Brasil. Isto porque as centrais sindicais decidiram realizar nesta data uma série de manifestações por todo o país, com o objetivo de pressionar o governo a aprovar a pauta de reivindicações da classe trabalhadora. A escolha do dia de luta aconteceu durante reunião realizada na sede da UGT na terça-feira, 25, entre as oito centrais do país.

Com o lema “Pela Democracia e pelos direitos dos Trabalhadores”, a pauta atende os interesses de todos os brasileiros. Isto porque os itens incluem salários, empregos, saúde, educação, mobilidade urbana, liberdade, entre outros.

Reivindicações que há anos levam as centrais às ruas e que compõem a Pauta Trabalhista, aprovada em 2010 na 20ª Conclat (Conferência Nacional da Classe Trabalhadora). Também presente na 7ª Marcha que reuniu 50 mil pessoas em Brasília.

Jovens querem o mesmo

Nos últimos dias, a pauta das centrais ganhou ainda mais força e mostrou que dialoga com todos brasileiros. Isto porque milhares de jovens tomaram as ruas de diversas cidades do países e apontaram necessidades semelhantes.

As reivindicações que ecoaram pelas principais ruas do país basicamente são as mesmas feitas pelas centrais, que lutam por um país mais justo.

O Sindicato faz questão de também estar nessa luta, ao longo de seus quase 50 anos de história. Por isto que diariamente organiza os trabalhadores e ainda participa dos atos das centrais sindicais e soma forças com as manifestações dos movimentos sociais.

Veja as a semelhança entre as reivindicações 

Reivindicações são semelhantes

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #03